Jalecos personalizados para sua empresa

Os jalecos são peças fundamentais no dia a dia dos profissionais de limpeza, empresas de construção civil e oficinas mecânicas.

Conheça neste artigo a importância dos jalecos e descubra o que é necessário para escolher o modelo de uniforme ideal.

Por que os jalecos são importantes?

Utilizados como forma de proteção, os jalecos são tão importantes quanto um capacete ou óculos de proteção para trabalhos em oficinas, indústrias e serviços de limpeza.

Para isso, os jalecos são confeccionados para:

  • ter tecidos impermeabilizantes para funcionários que trabalham ao ar livre ou em ambientes úmidos
  • tecidos reforçados para funcionários que fazem trabalhos manuais pesados
  • ter materiais resistentes ao fogo e choques elétricos
  • ter tecidos com proteção UV

Além disso, os jalecos possuem modelagem maior para garantir mais mobilidade aos movimentos durante o uso e tecido de algodão para mais conforto e menos retenção do calor. Geralmente, a calça do jaleco costuma ser mais pesada para proteção das pernas.

Vantagens do uso do jaleco Desvantagens do não uso do jaleco
Proteção Roupa de trabalho ineficiente
Produtividade Tecidos sem tecnologias
Profissionalismo Baixa autoestima
Igualdade Vida útil baixa
Personalização com a marca da empresa
Identificação
Durabilidade

O jaleco é EPI?

Para ser considerado EPI, o produto deve ter o CA para que se possa responsabilizar legalmente o fabricante do EPI, caso este apresente alguma falha ou defeito.

A Resolução da Diretoria Colegiada Nº. 63 de 25/11/2011 da ANVISA, Seção VII da Proteção à Saúde do Trabalhador, art. 46, menciona que

“o serviço de saúde deve garantir que seus trabalhadores com possibilidade de exposição a agentes biológicos, físicos ou químicos utilizem vestimentas para o trabalho, incluindo calçados, compatíveis com o risco e em condições de conforto”.

As normas e resoluções estão sendo atualizadas, porém, por enquanto, o jaleco é caracterizado apenas como vestimenta ou uniforme.

Portanto, o jaleco não é EPI, pois não tem CA e propriedades que impermeabilizem contra o aerossol, gerado pela alta rotação ou sangue.

Para quem o jaleco é indicado?

Os empregadores devem fornecer proteção adequada aos colaboradores que fazem trabalhos nos quais os riscos não possam ser eliminados ou isolados. Portanto, os uniformes operacionais são indicados para segmentos como:

  • Limpeza e conservação
  • Mecânica
  • Pintura
  • Indústria
  • Mineração
  • Construção
  • Entre outras áreas

O que um jaleco precisa ter?

Antes de escolher o jaleco, é precisa seguir padrões e regras para que ele vista bem, sem incomodar as tarefas manuais. Assim, busto, cintura, quadril, costas, braços e altura devem ser medidos. Conheça abaixo tamanhos indicados para um bom caimento:

  • Busto: recomendável folga de 3 a 6 cm
  • Cintura: recomenda-se, também, uma folga de 3 a 6 cm
  • Costas: pela medida do busto, as costas já devem ganhar a folga necessária para movimentação
  • Quadril: deve-se pedir centímetros extras apenas se seu quadril for mais largo do que seu busto
  • Altura: o jaleco deve terminar até, no máximo, 5 cm abaixo do joelho, para não comprometer uma boa locomoção
  • Manga: as longas são mais indicadas para proteção e neste caso a medida exata é o ideal

Após feita a medida, é hora de dar atenção aos tipos de tecidos que existem disponíveis para a confecção de seu jaleco. Já existem no mercado tecidos tecnológicos que oferecem proteção, tanto por sua espessura, quanto por sua tecnologia.

Para garantir o modelo de jaleco ideal, observe os acabamentos das golas, pulsos e bolsos, que precisam ser reforçados e grandes.

Jalecos femininos e masculinos

O jaleco foi desenvolvido para os profissionais de oficinas, limpeza e indústria, que fazem uso intenso do uniforme e precisam de peças resistentes. O jaleco (peça superior) é mais leve e calça (peça inferior) é mais pesada, visando a proteção das pernas.

A modelagem dos jalecos femininos e masculinos é maior para garantir mais mobilidade aos movimentos durante o uso e o tecido do uniforme é 100% algodão, o que proporciona mais conforto e retenção de calor.

O jaleco conta também com:

  • Modelagem digital: garante que os uniformes se encaixem em qualquer tipo de corpo;
  • Resistência extra: aplicação de matérias primas de alto desempenho para garantir que o uniforme dure vários ciclos de lavagem;
  • Proteção UV: não retém calor e as peças não ficam com aspecto de queimada;
  • Cores: cinza e cáqui.

Tanto os jalecos masculinos quanto jalecos femininos podem ser personalizados com bordado do logotipo da empresa.

Jalecos personalizados para área médica

Fisioterapeutas são profissionais que necessitam de conforto em sua vestimenta para sua rotina de atendimentos ser sempre produtiva. Seja para demonstrar exercícios, acompanhar seus pacientes, massagear locais contundidos, dentre outras atividades que requerem muitos movimentos, estes profissionais estão sempre à todo vapor.

Por esse motivo os jalecos desta classe de profissionais devem ser confortáveis, leves, larguinhos e duráveis, à prova de rasgos e furos. Saber escolher um bom fornecedor é fundamental, pois toda a qualidade neste caso será necessária.

Com todas essas indicações, acreditamos que a escolha do seu jaleco ideal será mais fácil. Lembre-se de buscar por modelos modernos, eficientes, tecnológicos e capazes de suprir todas as suas necessidades, garantindo sua segurança, demonstrando sua atividade dentro de uma clínica, laboratório ou farmácia e facilitando seu acesso a clientes e pacientes, apenas pela credibilidade agregada a um jaleco. 

Jaleco esse que, como vimos durante todo o artigo, pode ser personalizado, tornando a sua escolha, acima de tudo, muito assertiva.

De acordo com recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS) e norma da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o uso do jaleco

“deve ser restrito ao ambiente de trabalho do profissional de saúde. O jaleco é usado para resguardar profissionais e pacientes dos microrganismos presentes no ambiente hospitalar. Portanto, a exposição dos jalecos em locais públicos ou de circulação de pessoas representa riscos para a saúde pública.”

Continue lendo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Open chat
Powered by